Viagens de Carro: Confira suas principais vantagens e desvantagens

Com a alta nos preços das passagens de avião, muitos turistas estão trocando os aeroportos pelas rodoviárias. Entre uma viagem de ônibus ou automóvel, a segunda opção vem ganhando a preferência do viajante.

Antes de viajar de carro, é preciso fazer um bom planejamento e analisar os prós e contras. È preciso avaliar o tempo de viagem gastos com combustíveis, segurança das estradas, bem como quais os roteiros que irá fazer

Nem avião ou ônibus: conheça as vantagens de uma viagem de carro

Por: Maria Gizele da Silva
Quando alguém fala em viagem de carro, você logo imagina a família unida e feliz pegando a estrada ou uma rodovia congestionada pela frente e muito cansaço físico? Antes de colocar o projeto de passar o tempo livre numa road trip, coloque na balança os prós e os contras.

Uma sondagem da Fundação Getúlio Vargas (FGV), feita em 2013 em parceria com o Ministério do Turismo, mostrou que 24,9% das pessoas entrevistadas tinham intenção de usar o carro numa viagem de férias.

Na pesquisa anterior, essa parcela de interessados era de apenas 20,4%. O Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo avaliou, na época da sondagem, que o aumento da renda da família brasileira para até 2,1 mil mensais provocou essa alta no interesse pelas viagens de carro.

Fazer turismo de automóvel exige que planeje bem a sua road trip

Se você quiser fazer uma viagem de carro, tome alguns cuidados. Papel e caneta na mão: o primeiro passo é fazer o planejamento da viagem. O ideal é começar a planejar a aventura, no mínimo, seis meses antes da partida. E se não tiver um carro? Basta planejar o aluguel de um automóvel.

Veículos com motor potente e porta-malas espaçoso são os ideais. Se a viagem for em estradas de chão, é bom dispor de um carro alto ou tracionado, como as caminhonetes. Um detalhe importante é fazer uma revisão mecânica completa no automóvel e conferir as condições da carteira de habilitação os documentos do próprio veículo.

O percurso é um capítulo que merece uma atenção especial. É bom você planejar a extensão da viagem, os lugares que serão visitados, os serviços de hospedagem disponíveis, bem como os preços, a oferta de postos de combustíveis e a quantia de praças de pedágio. Com o orçamento em mãos, você não terá surpresas.

Lembre-se: o planejamento do roteiro não será escrito em pedra, portanto, pode ser mudado. Como você e sua família estão num momento de lazer, não perca a oportunidade de conhecer e experimentar novos lugares. Feito isso, agora é hora de avaliar os pontos positivos e negativos de uma viagem de carro.

Confira as 5 principais vantagens e desvantagens de uma viagem de carro

5 vantagens de uma viagem de carro

  • Liberdade

Numa viagem de carro, você está no comando. É você, ou no máximo alguém da sua família, que determinam a hora de sair e de voltar, quantos dias permanecer num local e quais lugares visitar.

  • Roteiro

O Brasil tem aproximadamente 8,5 milhões de quilômetros quadrados. Entre as opções de rotas estão a Rota Romântica (caminho para a Serra Gaúcha) e Fortaleza a Jericoacoara (praias do Ceará). E que tal ir mais longe? De São Paulo ao Chile, por exemplo, dá 3,5 mil quilômetros.

  • Experiência

O melhor de uma road trip é a experiência. A sensação de pegar a estrada sem ficar preso a um horário rígido de embarque, conhecer a cultura, o sotaque e a gastronomia dos moradores das regiões visitadas são sensações que não têm comparativos.

  • Família e amigos

A oportunidade de passar momentos únicos em família ou com os amigos está numa viagem de carro. Botar a conversa em dia e dar boas risadas. Quando se está com crianças ou idosos, é mais cômodo fazer paradas. Além disso, dá pra levar os pets sem preocupação.

  • Bagagem

Enquanto que numa viagem de ônibus ou de avião, os extravios de bagagem são recorrentes, na viagem de carro você sabe exatamente onde estão suas malas e como elas estão acondicionadas. Uma dica: na hora de arrumar o bagageiro deixe um espaço extra para as compras.

Conheça as vantagens de uma viagem de carro
Imagem: Pixabay

5 desvantagens de uma viagem de carro

  • Estradas

Viajar em feriados prolongados é um teste de paciência. O risco de congestionamentos é eminente. Nos dias úteis normais, o problema está na manutenção das rodovias. Segundo pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), 57,3% das estradas do país estão em situação precária.

  • Multas

Além da evidente proibição de beber antes de dirigir, a viagem de carro deve levar em consideração as multas por excesso de velocidade. O artigo 61 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) limita a velocidade em até 110 km/h para carros de passeio e 90 km/h para caminhões. Nas vias rurais, o máximo é 60 km/h. Fique atento aos radares.

  • Cansaço

Passar horas dirigindo pode causar cansaço. O ideal é ter mais de um motorista no carro para fazer o revezamento. Para viagens com até 4 horas de duração, pare por 10 minutos a cada 150 quilômetros. Tome café para espantar o sono, porém, lembre-se que a cafeína não elimina o cansaço físico.

  • Acidentes

O Brasil ocupa o quarto lugar do mundo em número de mortes no trânsito, atrás apenas da China, Índia e Nigéria. O levantamento é do Instituto Avante Brasil. Por isso, evite digitar no celular enquanto dirige, já que isso aumenta em 23 vezes o risco de acidente. Respeitar a sinalização é fundamental.

  • Pedágio

Além da carga de impostos relacionada ao trânsito, ao viajar de carro, o pedágio é companhia garantida. No site www.mapeia.com.br é possível calcular os gastos com pedágio no trajeto escolhido. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelam que brasileiros pagam em média R$ 8,77 de pedágio a cada 100 quilômetros de rodovias pedagiadas.