Conheça Lisboa, um pedaço da Europa com cara de Brasil

Conheça Lisboa, um pedaço da Europa com cara de Brasil

A primeira impressão quando se anda no centro histórico de Lisboa e a de se estar em alguma cidade brasileira, como Salvador ou Florianópolis. Claro, herdamos nossa arquitetura dos portugueses, mas o estilo de vida também é semelhante, ainda que com suas especificidades.

A capital de Portugal é a porta de entrada na Europa para muitos brasileiros, seja pela facilidade linguística, seja pelos muitos voos diários para as cidades brasileiras, e se revela uma cidade fascinante para quem busca explorá-la. Usar Lisboa como um rápido acesso a outras cidades europeias é um erro grave, mas ainda cometido por muitos.

Roteiros Turísticos em Lisboa – Portugal

Uma das vantagens de se viajar para Lisboa é que mesmo sendo o euro a moeda oficial, a cidade – assim como todo Portugal – não é cara, ainda mais se compara à maioria das outras pertencentes à zona do euro.

Táxi, por exemplo, é muito em conta, e pode ser uma excelente opção quando não se deseja usar o transporte público. Hotéis e hostels também possuem bons preços, mas claro que isso depende de sua qualidade e localização.

Para conhecer a cidade, uma excelente opção é atravessá-la usando o histórico Tram 28, um bondinho turístico que corta a cidade e oferece um tour diferente aos seus passageiros.

Ele cruza a cidade velha e acaba na parte alta da cidade, em uma zona já bem menos turística, mas interessante, e de onde se pode caminhar até o Terreiro do Paço, a praça mais famosa de Lisboa. A cidade velha de Lisboa, por sinal, é bastante compacta, e pode ser visitada em menos de um dia.

Roteiros de viagens para  Lisboa

Gastronomia Portuguesa

Para os amantes de uma boa gastronomia, Lisboa oferece o que há de melhor na culinária portuguesa: um bom bacalhau e uma taça de vinho, com um pastelzinho de Belém para a sobremesa, uma combinação deliciosa e da qual os habitantes locais se orgulham.

A opção mais barata, sempre, é comê-los fora da zona turística, onde os comerciantes colocam preços abusivos em razão da alta demanda, ao passo que os mesmo pratos, com a mesma qualidade, podem ser encontrados em outras partes da cidade por um preço muito mais baixo.

Um dos pontos altos da capital portuguesa é o fato de estar rodeada por outras cidades fascinantes, facilmente acessadas através de um tour de um dia.

Cascais, Sintra, Évora e o Cabo da Roca – ponto mais ocidental da Europa continental – são os locais mais conhecidos para um bate e volta, todos localizados a poucas horas, às vezes nem isso, de Lisboa. Ainda que muitas agências ofereçam esses tours, fazê-los por conta própria é fácil e econômico; outra excelente opção é alugar um carro por um dia para conhecê-los.

Devido à enorme quantidade de imigrantes brasileiros em Portugal, Lisboa é uma das poucas cidades da Europa onde se encontra facilmente casas noturnas de samba ou forró.

Para aqueles que gostam de aproveitar a noite e uma boa música, há diversas dessas casas espalhadas pelas regiões mais centrais, quase sempre coordenadas por brasileiros, ainda que seja inegável o sucesso desses ritmos dentre a população local.

A Europa com cara de Brasil

As músicas brasileiras, aliás, são constantemente escutadas quando se está em Lisboa. Sim, os portugueses ouvem – e muito – nossas músicas, e todo tipo dela. Desde o funk até o sertanejo, desde a bossa nova até o pagode, comprovando que é forte a influência brasileira na vida portuguesa. Se no passado Portugal colonizou o Brasil, hoje há um forte processo inverso.

Se estiver planejando conhecer o Velho Continente, certifique-se de que Lisboa não é apenas o aeroporto de entrada. De fato, para muitas capitais do norte e nordeste, que têm na capital portuguesa seu único acesso direto à Europa, torna-se convidativo usar a cidade apenas como uma conexão, para depois seguir para as mais famosas Londres, Paris ou Roma.

Porém, mesmo que com pouco tempo disponível, Lisboa irá surpreender o viajante com seus dias ensolarados, suas construções históricas, sua comida de primeira e seu arredor constituído de cidades fantásticas. Ao final, ainda que a milhares de quilômetros do Brasil, será impossível não sentir ao menos um gostinho da terra natal.