Conheça a viagem de volta ao mundo em 26 dias sob trilhos!

Viajar faz bem para qualquer pessoa, amplia os horizontes, gera satisfação pessoal e a descoberta das diferenças culturais, especialmente, nos dias de hoje com a redução das fronteiras através de rápidos e eficientes meios de transporte. Mas, você já pensou em dar a volta ao mundo de trem em 26 dias?

Viagem de volta ao mundo

Uma agencia está planejando uma viagem de volta ao mundo de trem em 26 dias focada totalmente nos brasileiros a fim de percorrer três continentes (Ásia, América e Europa) e mais de 15 cidades.

Produzida pela Trains & Tours – Lufthansa City Center, a expedição inicia no dia 29 de agosto de 2017 na belíssima cidade de Paris, na França, fechando o pacote turístico no dia 24 de setembro em Toronto, no Canadá, visitando ainda a Rússia e a China pelo caminho.

Quando custa uma viagem de volta ao mundo de trem em 26 dias?

De maneira geral, o pacote para participar desta esplendida viagem de volta ao mundo de trem em 26 dias fornece bilhetes de trem e também de avião, refeições, hospedagem e a companhia de um guia brasileiro em todo o trajeto.

No entanto, o pacote não abrange a documentação necessária para entrada nos países e nem as passagens áreas do território nacional. De fato, os valores podem impressionar, já que a acomodação dupla custa cerca de 25 mil euros, ou seja, aproximadamente 87 mil reais por pessoa.

Enquanto que a acomodação individual durante todo o passeio gira em torno de 35 mil euros, equivalente a mais de 124 mil reais. Realmente, a viagem de volta ao mundo de trem em 26 dias exige um investimento consideravelmente elevado.

Viagem de volta ao mundo

Roteiro da viagem de volta ao mundo em 26 dias

Após o embarque, a primeira parada acontece 24 horas depois em Moscou, na Rússia. Depois de 48 horas de atividades turísticas, o caminho atravessa a famosa e centenária Ferrovia Transiberiana.

O trajeto segue pela Mongólia e admirando às belezas naturais do Parque Nacional de Terelj. A chegada à China começa com o embarque no trem Trans Mongolian, em uma viagem de um dia e meio pelo Deserto De Gobi até a cidade de Pequim.

Durante a estadia na China, os passageiros vão conhecer a Cidade Proibida, a praça Tian An Men, o Pato Laqueado de Pequim, a magnífica Grande Muralha da China e as Tumbas da Dinastia Ming.

A segunda etapa da viagem de volta ao mundo de trem inicia com um vôo através do oceano até Vancouver, no Canadá, que terá todo o seu território desbravado dentro de dois trens.

Os trajetos de Vancouver a Kamloops e Banff serão efetuados no Rocky Mountaineer em duas viagens durante o dia para que todos possam contemplar as lindíssimas paisagens através dos vagões com visão panorâmica.

Além disso, a experiência será ampliada no decorrer da passagem pelas Montanhas Rochosas com um atendimento de alta qualidade e gastronomia diversificada a bordo do trem.
O último trecho será realizado da cidade canadense de Jasper através do trem The Canadian até a sua parada final em Toronto depois de exatos 26 dias. Realmente, uma experiência intensa, única e inesquecível!