Conheça os dias da semana com os menores preços de passagens aéreas

Escolher o dia da semana para comprar passagens aéreas, pode resultar em economia de até 10%, é o que aponta levantamento da Skyscanner, sobre hábitos de consumo em viagens internacionais e nacionais.

Para compor o preço das passagens aéreas, empresas fazem uso de diferentes metodologias, que incluem desde o preço do combustível, cotação do dólar, tipo de aeronave a demanda de passageiros. Por isso, ao pesquisar preços de passagens, clientes podem encontrar valores diferentes para o mesmo destino.

Apesar do seu algoritmo complexo, é possível sim, criar uma linha de tempo e descobrir as variáveis de preços ao longo de um determinado período. Com isso, sites comparadores de preços, por meio de levantamento, apontaram os dias com os menores preços de passagens aéreas em voos nacionais e internacionais.

Foi isso que fez o site Skyscanner, ao analisar os dados dos últimos 12 meses a partir das buscas feitas pelos usuários em seu site.

Estudo revela os melhores dias para viajar e comprar passagens

O levantamento da Skyscanner trouxe informações valiosas para quem busca por preços de passagens mais baratas.

Esses dados servem de ferramenta, por exemplo, para planejar o mês ou dia da semana para o inicio das férias.
De acordo com o estudo, as passagens aéreas para os destinos nacionais, apresentam preços menores, comprando aos sábados ou domingos; já, os passageiros que deixam para comprar às quartas-feiras, pagarão mais caro.

Para quem está planejando uma viagem internacional, companhias aéreas disponibilizam tarifas mais baratas, comprando às quintas-feiras ou aos domingos, quando os valores podem ter descontos de até R$ 96,00 no valor final.

É importante observar, que os dias da semana com os menores preços de tarifas aéreas, é uma amostragem média. Isso porque, características individuais de cada destino, deve ser levada em consideração, como alta temporada, demanda de passageiros e freqüência de voos semanais.

A composição dos preços das passagens aéreas

Taxas e serviços cobrados
É muito importante ficar atento na hora de fazer as compras das passagens aéreas, pois nem sempre o preço que aparece na hora da pesquisa, é o preço final do serviço.

Quando se compra uma passagens aéreas, algumas taxas e tributos, são incluídos no seu valor final, o que pode levar a uma desagradável surpresa na hora de efetuar o pagamento final.

Alguns buscadores de preços apresentam o valor total a ser pago, já outros, apenas informam o preço das passagens sem a inclusão dessas taxas, o que pode levar a pessoa a escolher um serviço e pagar por outro, por isso é muito importante ficar atendo se, está incluso ou não os valores dessas taxas de serviços.

As taxas podem encarecer e muito os custos com viagem de avião, algumas taxas são tributação federais, já outras são opcionais sobre serviços oferecidos pelas companhias aéreas, a verdade é que, não dá pra se livrar delas, mas mesmas deves ser bem informadas aos passageiros na hora da compra das passagens aéreas.

Taxa de embarque
Talvez a mais conhecida das taxas cobradas em aeroportos, ela tem por finalidade, pagar os custos dos administradores de aeroportos com os serviços prestados, uso das instalações, terminais de passageiros etc.

Quando uma companhia aérea, utilizam um aeroportos, esse valor é repassado ao passageiro por meio da taxa de embarque, portanto, ela deve ser informada antes da efetivação da compra do bilhete aéreo.

Taxas e tributos governamentais
Essas taxas são cobrada junto as companhias, que repassa no valor final das passagens aéreas pelo uso do espaço aéreo dos países envolvidos no trecho.

Bagagens
Cada passageiro têm um limite máximo de peso que pode transportar em um avião em voos nacionais e internacionais.

Em 2017, foi autorizada pela ANAC, a cobrança pelo despacho de bagagens. Os custos com essa tarifa vêem aumentando muito nos últimos meses, incidindo diretamente nos gastos de uma viagem.Fonte: Gazeta do Povo

Além disso, outras taxas e serviços podem ser cobradas interferindo o valor da passagens aéreas como: registro de bagagem, taxa de check-in no aeroporto, e valores e comissões cobradas pela agência de viagens, pelos serviços de venda, emissão da passagem e reserva.